O portal mundial de rádios

.

Resumo da Liberta: Cruzeiro carimba o passaporte, Athletico e Inter bem próximo das oitavas


A semana para os brasileiros, em boa parte, foi boa na Copa Libertadores.

O Athletico teve a calma, paciência e tranquilidade para furar o ferrolho armado pelo Tolima na Arena e conquistar uma vitória magra, porém justa, por 1 a 0.

Passo gigante para chegar a próxima fase da competição.

Quem também está com um pé lá é o Inter que, mesmo complicando um jogo que mostrava ser fácil, bateu o Palestino por 3 a 2.

Quase que repetindo a novela com o River, abriu 2 a 0, teve um Primeiro Tempo espetacular, mas uma queda assombrosa na Etapa Final.

Guerreiro salvou e o Colorado pontuou.

Chega a 10 e com mais um empate já se classifica.

Melhor ainda para quem está 100% e conquistou um feito histórico que poucas equipes atingiram.

O Cruzeiro não só está invicto na Libertadores como ainda não sabe o que é sofrer gols na competição.

12 pontos, classificação carimbada e o planejamento já se volta as oitavas de final.

Que show da Raposa do Mano até aqui.

O Flamengo, mesmo passando por alguns sustos no início, construiu gigante goleada diante do fraco San José por 6 a 1.

Embora o começo tenha sido difícil, o rubro-negro fez por merecer a construção desse gigante placar.

Já o Palmeiras, que teve seu elenco e comissão técnica colocados indiretamente no meio de uma briga política de uma de suas organizadas, venceu mas não celebrou.

Um contundente 3 a 0 diante do Junior Barranquilla, onde não teve festas.

E nem poderia.

Não há o que celebrar quando se é alvejado com pedras atiradas no ônibus por bandidos que se dizem torcedores do próprio time.

Situações políticas e de outros assuntos mais espinhosos que envolvem uma de suas torcidas, com divisões internas e uma parte delas ligadas ao crime organizado.

Aliás, será que essa gente torce mesmo ou ama mesmo o seu clube?

História ainda mal resolvida que fica difícil de explicar e entender.

Nesse conflito envolvendo as facções da organizada vale tudo, menos algo relacionado ao futebol e ao campo.

E o Galo, cada vez mais longe de uma classificação para a próxima fase, foi goleado pelo Cerro.

4 a 1, com o placar construído em poucos minutos e o jogo, consequentemente, sendo resolvido.

Com Levir demitido (já acho que nem deveria ser contratado), o Atlético pode achar um caminho para salvar a temporada.

Mas difícil para brigar por títulos ou algo semelhante.

Tudo indica que será um ano difícil para o Galo. Mais uma vez será o Atlético passará por um ano de renovação.

E o torcedor já está cansado disso. Com razão!

Pra fechar, quem ainda respira e sobrevive na Libertadores é o Grêmio.

Precisava vencer o Rosário Central em casa e torcer por um tropeço da Universidad Catolica em casa.

Deu tudo certo!

E agora o Tricolor só depende de si para passar.

Em mais um daqueles que pode ser o milagre do Imortal.

 

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *