O portal mundial de rádios

.

Cássio e a trave colocam o Corinthians na final do Paulistão


Futebol não é ciência exata.

Infelizmente para quem gosta de futebol e, felizmente, para quem é corinthiano.

Se fosse exata, o Santos pela enorme superioridade e ofensividade, ganharia o jogo com placar maior, merecia mais.

E aí levaria sem discordâncias a vaga para a decisão.

Mas o futebol é da área de humanas, daquelas que nem sempre a formula matemática e a lógica caminhem lado a lado.

E por ser de humanas, após uma retranca covarde, da qual um clube do tamanho do Corinthians não merecia apresentar, resistiu o quanto pode e deixou que os penais fizessem o trabalho final.

A partir daí fatores adicionais entraram nas cobranças.

Adicionais como Cássio (nos 90 minutos) e a trave (nos pênaltis) que colocam o Corinthians, injustamente, na final.

Pelos 90 minutos, o Santos merecia enfrentar o São Paulo.

Jogou como time grande, ao estilo de Sampaoli.

O time do Peixe partiu pra cima e foi ofensivo durante todo o duelo, buscando sempre o gol.

Se houvesse justiça, era o Corinthians quem deveria ser eliminado.

Mas nem sempre o futebol é justo e, tampouco, de merecimento. As vezes outras circunstâncias da partida levam a um resultado adverso.

Tão adverso e injusto como o que assistimos nesta noite.

Ao final, belíssimo o gesto da torcida do Santos, aplaudindo e reconhecendo a grande atuação que o time teve no jogo de hoje.

 

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *