ShowRadios.com – Na noite de Libertadores: Cruzeiro segue 100%, Flamengo decepciona, Galo assusta e Inter desperdiça

O portal mundial de rádios

.

Na noite de Libertadores: Cruzeiro segue 100%, Flamengo decepciona, Galo assusta e Inter desperdiça


Uma noite que teve Libertadores para todos os tipos de gostos e desgostos.

Gosto do cruzeirense que viu o time no Equador vencer com propriedade o Emelec por 1 a 0.

E com Rodriguinho brilhando mais uma vez com a camisa azul.

100% na Copa Libertadores com méritos e grandes chances de terminar como o melhor na classificação geral da 1ª fase.

Não que isso signifique alguma vantagem, mas dá moral para a Raposa chegar bem no mata-mata.

O Colorado ficou perto de sentir esse gostinho de 3 vitórias consecutivas quando passava por cima do River e construía 2 a 0 com propriedade.

Parecia que mais um time argentino levaria um placar adverso daqueles.

Um chute nos fundilhos, assim como foi o Boca diante do Furacão.

Parecia…

Porque River é sempre River. Campeão de Libertadores e time de tradição, tem de se respeitar.

E na base da força e da vontade argentinas, mesmo com um Beira Rio lotado, buscou o placar e conseguiu chegar ao empate.

Empate esse que pode ser considerado normal dado o gigantismo das 2 equipes. Duelo de gigantes, nenhum placar fica garantido.

O que não é normal é a falta de forças do Inter buscar a vitória após sofrer os 2 a 2.

Placar esse que, diga-se ficou de tamanho justo pelo que os 2 gigantes apresentaram.

Falando em 2, na noite do mata ou morre no Mineirão, o Galo quase padece.

Perdia por 2 a 0 para um time modesto, fraco e que não sabia o que era ganhar em Libertadores há 15 jogos.

Mas, na base do “Galo Doido Versão 2013” ou do “Eu Acredito”, o Atlético conseguiu a virada histórica.

Virada que dá um alívio com os 3 pontos diante do Zamora, mas que ainda não traz paz.

O Galo precisará remar muito contra a maré para conseguir a vaga às oitavas. Ainda fala muito chão.

Chão esse que faltou ao torcedor do Flamengo após o apito final, 1 a 0 Peñarol.

Chão esse que faltou ao torcedor quando Gabriel, em uma entrada faltosa absurda, foi merecidamente expulso.

E quase também teve o mesmo caminho Cuellar, que não foi pro vestiário mais cedo graças ao vacilo do árbitro.

Nada que cause uma preocupação excessiva ao Mengão, mas acende-se a luz amarela para a importância de vencer o confronto diante do San José.

Vitória essa que poderá colocar o Flamengo novamente na liderança e eliminar um adversário de maneira antecipada.

Dá pra ganhar. É adversário fácil, confronto com Maracanã novamente lotado. É jogo para ganhar e ganhar bem.

Mas que, obviamente, o torcedor rubro-negro esperava e merecia algo melhor ontem e não mais um Maracanazzo… Ah isso merecia.

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *