O portal mundial de rádios

.

Corinthians vence por 1 a 0 o Oeste. E foi pouco


O Corinthians venceu, convenceu e poderia até criar um placar mais dilatado.

Principalmente pelo que produziu no Segundo Tempo.

Na Etapa Inicial, o 0 a 0 ficou até de bom tamanho.

O Timão já era melhor, tinha mais domínio da bola e chegava mais ao ataque, mas não criava boas chances reais para finalização.

Até ali, o Oeste, tentava jogar no erro do adversário para buscar chances de chegar ao gol e, como o adversário não oferecia tais oportunidades, criou pouquíssimo.

Apesar do bom ritmo colocado nos 45 iniciais, faltava qualidade para o Corinthians finalizar.

No 2º Tempo, o panorama muda completamente.

Inicialmente pela ótima alteração de Carille, com Jadson no lugar de Ralf. Não que o volante estivesse mal, mas o alvinegro precisava melhorar a qualidade entre meio e ataque.

Com a entrada dele, junto com Sornoza, o Corinthians melhorou nitidamente a parte ofensiva.

O time pressionava e chegou ao merecido gol com Danilo Avelar, que vem aparecendo bem nos últimos jogos com Carille.

Mas o lateral ainda precisa ser acompanhado com atenção e cautela. Pode ser um jogador importante mas, tampouco, apresenta qualidades que possam deixar o torcedor alvinegro confortável com o nome de Avelar pela esquerda.

Com o Corinthians mais solto e em cima do Oeste, o jogo ficou mais movimentado.

Mas o Oeste também buscou chegar a meta de Cássio, aproveitando-se dos poucos espaços cedidos pelo alvinegro com estilo mais agressivo. Levou perigo em uma ou duas boas chances.

E o 2° Tempo foi bom na Arena.

No fim, Corinthians venceu merecidamente o Oeste por 1 a 0 e está classificado para as quartas de final.

No geral, foram 10 finalizações corinthianas contra 3 do time de Barueri.

412 passes certos contra 263 do Oeste.

10 a 3 em cruzamentos certos para o Corinthians.

Números cedidos pelo Footstats que mostram o ótimo desempenho alvinegro.

Reitero, principalmente pelo futebol desempenhado no Segundo Tempo.

Boselli, Jadson e Vagner Love foram os destaques alvinegros. Faltou só mais calma para o atacante argentino marcar o dele.

Aos poucos, Carille vai encontrando o time titular ideal e, mais do que isso, as boas peças que podem entrar no jogo e mudar o panorama da partida quando o técnico necessitar.

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *