O portal mundial de rádios

.

Nesse Brasileirão indefinido, só mesmo um Doido para ser o grande destaque


Mais uma vez suada, mais uma vez difícil, mas o Internacional consegue importante 2 a 1 pra cima do Vitória. Time outra vez não tem boa atuação, como já vem ocorrendo nos últimos jogos, mas vencer era fundamental para apagar a sequência negativa dos 2 jogos anteriores.

Com pênalti grotescamente marcado para o Internacional no gol de D’Alessandro. Toque na mão ocorreu fora da área e, semelhante ao jogo do Palmeiras, o árbitro míope ou incompetente, marcou penal pró Colorado. Lamentável. A arbitragem influenciou diretamente no resultado.

Falando em penais absurdos, esse marcado em cima de Dodô é de um erro tamanho, flagrante. Santos teve nos acréscimos a chance e venceu, 1 a 0. Outra vez temos envolvimento direto da arbitragem com marcação de falta inexistente. Novamente o pessoal do apito.

Empate justo entre Botafogo e São Paulo por 2 a 2 no Nilton Santos. Fogão melhor no 1° tempo, na Etapa Final um duelo mais equilibrado, onde o tricolor nos últimos minutos colocou uma pressão gigantesca, que parou na boa atuação do goleiro alvinegro.

Jogo bastante movimentado, mas mais uma vez o Tricolor mostra a queda de qualidade do time e a incapacidade, de Aguirre ou do elenco, de propor outras situações no jogo. Botafogo celebra muito o empate. Soma pontos contra Z4 e diante de um dos líderes.

Bela goleada do Atlético Mineiro pra cima do Sport. 5 a 2 conquistados com superioridade, imponência e também contando com o 1° tempo impecável do Galo. Resultado que deixa o Atlético ainda mais na Libertadores e que marca um início complicado para Milton Mendes no Sport. Lógico que não dá para se cobrar nada ainda dele no início, mas que começa bem dura a vida do técnico no Leão, ah isso começa…

E fechando, após 25 Rodadas, o Ceará deixa a zona de rebaixamento em definitivo. E merece demais! Venceu a Chapecoense por 3 a 1, com uma ótima atuação no 2º Tempo e o Vozão vem sendo uma das equipes de maior destaque neste turno do Brasileirão, graças também aos méritos de Lisca.

 

*Atualizando: Vi agora um lance de gol mal anulado do Inter e tenho de fazer a mea culpa. Teve impedimento mal marcado de Camilo, anulando lance que resultaria, na sequência, em gol legítimo para o Colorado. Ou seja, arbitragem cometeu 2 erros no Beira-Rio, um pró Vitória e outro pró Inter.

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *