O portal mundial de rádios

.

Desculpe Edu, mas não tenho pena de Neymar


Desculpe Edu, mas não tenho pena de Neymar.

Não vou entrar em quem deveríamos ter pena (pessoas mortas na favela, povo humilde que rala todo dia para ganhar 1 salário mínimo etc…) mas já que o exemplo é atleta, teria dó das dificuldades de atletas olímpicos por exemplo no país.

Atletas que sofrem uma dificuldade danada para conseguir patrocínio (não vou nem citar governo porque aí é sacanagem ainda maior com estes atletas) ou, falando de craques, dos atletas gigantescos que, mesmo diante da dor da derrota, vão encarar jornalistas e não se esconde em redes sociais.

Só para te lembrar Edu, que caras bem maiores que Neymar, com elencos bem mais limitados, como Cristiano Ronaldo e Messi, foram conversar com a imprensa.

LeBron, outro gigante do esporte, após levar uma varrida histórica do GSW, foi falar em coletiva com a imprensa.

Infelizmente Edu, essa do “da até pena de Neymar” é só passar o recibo do excesso de paternalismo que tem em torno do craque, que inegavelmente é bom de bola, mas tá bem ruim da caixola.

Essa é a nova Carta da Dona Lúcia, Versão 2018.

 

 

 

Ivan Bruno é jornalista e narrador esportivo desde 2007. Siga nas redes sociais:

Twitter

Instagram

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *