O portal de radios online de todo o mundo

.

Na raça, na tática, na categoria, na bola. Podem ‘acabá’ com o Planeta!


Quando falei no Bandsports News Debate que, time por time, se o Grêmio jogasse tudo o que pudesse e o Lanús também, o tricolor venceria a final e bem. Lógico que o jogo ainda não acabou, mas a verdade é que o Grêmio tem o melhor futebol da América do Sul nessa temporada.

Gostava do início de jogo do Grêmio. Avançava sua marcação na saída de bola e forçava o Lanús a largar o principal estilo de jogo que o consagrou até a final: sair trocando passes desde a sua defesa.

Não chegava a ser uma linha alta tricolor, mas uma pressão forte produzida assim que o time argentino detinha a posse de bola. Naquele momento, o Grêmio só devia ficar atento a boa troca de passes do Lanús também do meio pra frente.

A equipe argentina contava com jogadores muito bem posicionados taticamente a frente, com toques rápidos e chegadas velozes. Mas a implacável marcação gremista não deixava o Lanús nem ver a cor da bola, que naquele momento parecia cada vez mais azul, preta e branca.

Aí veio o Fernandinho!!! Tomada de bola na boa, no vacilo do zagueiro do Lanús, partiu em velocidade incrível e mandou uma bomba na saída do goleiro. Era o primeiro, de um tricolor que merecia já ter o placar a frente.

Logo depois, uma bela defesa do Grohe no chute perigoso do Velazques. Goleiraço!!! Outro nome importante da campanha tricolor.

E, na sequência, para deleite do imortal, um golaço do Luan!!! Golaaaaaaaaçoooooooo!!! Jogadaça do melhor jogador do Grêmio na temporada. Luan trouxe com calma, passou fácil pela marcação, parecia desfilar no meio da zaga do Lanús e, na saída do goleiro Andrada, um toque magistral por cima.

Toque de classe, de craque. Golaço fantástico!

O Grêmio dava um show de bola no primeiro tempo! Repetindo o mesmo desempenho que teve quando atuou como visitante diante do Barcelona na semi. Era paciente, marcava bem, não deixava o Lanús tocar a bola e, quando tinha chances, era perigoso e mortal! Intervalo de uma verdadeira aula de como é jogar como visitante.

Grêmio vinha demonstrando uma maturidade impressionante e segurança suprema na partida. Time engoliu o Lanús no primeiro tempo e, com muitos méritos, ia ganhando por 2 a 0. Detalhe para a ótima atuação de Fernandinho e a frieza do craque Luan. No momento em que o Grêmio precisou dos dois não ficou a pé. Pelo contrário, os dois apareceram… E como apareceram!

Lanús tinha posse de bola, toque refinado, belo e preciso posicionamento tático como principais pontos durante a campanha da Libertadores, Grêmio bloqueou todos eles.

Resumindo: o Grêmio ENGOLIU o Lanús no que diz respeito a tática, técnica, ação e efetividade no jogo.

O segundo tempo começou e o Grêmio jogou lá atrás, sem sustos e sem sofrer pressão, mesmo no gol de Sand, grande jogador no confronto diante do River, que marcou de pênalti e diminuia, 2 a 1.

Lanús buscava pressionar e levar perigo, porém sem muita efetividade no segundo tempo. Grêmio, ciente da vantagem que tinha, se fechava lá atrás e buscava suportar a pressão para partir no contra-ataque. Não precisava se expor e fazer bobagens, o jogo estava na mão.

A proposta apresentada era clara, jogar no erro do Lanús. Poderia ser perigoso mas, pela vantagem que tinha, era mais do que válido. Manteve o jogo nesta temperatura, nesse ritmo.

E manteve a frieza, mesmo tendo um jogador a menos, teve tranquilidade para controlar o jogo e uma possível pressão no segundo tempo e, merecidamente, levou o título da Libertadores.

O tri da Libertadores lembra o do Atlético Nacional no ano passado. Ambos tinham o melhor futebol da América do Sul, ambos encantaram o continente com um futebol limpo, show. Bonito mesmo de se ver. Em duas edições seguidas, os que mais jogam bola, levam o caneco!

Soy loco por Tri América!!!

Podem ‘acabá’ com o Planeta!

Parabéns Grêmio, tri campeão da Libertadores.

Na raça, na tática, na categoria, na bola, com todos os méritos!

 

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *