O portal de radios online de todo o mundo

.

Diretor da Continua sobre ex-profissionais: “Graças a Deus eles foram embora, eram nossos piores profissionais”


Após o Painel da Webrádio destacar a matéria de que ex-profissionais foram desrespeitados durante suas saídas da Rede Continua, entramos em contato com o diretor da webemissora.

Após tentativa por e-mail e o retorno não obtido, procuramos nas redes sociais e, ao questionarmos de que alguns profissionais teriam deixado a webrádio em virtude de não concordar com as transmissões irregulares que continuaria fazendo, uma resposta áspera do diretor demonstrou o respeito que tinha pelos ex-colegas: “Quantos profissionais? 2? 3? Graças a Deus eles foram embora, eram nossos piores profissionais.”

Na verdade, vários profissionais deixaram a webemissora nos últimos anos, geralmente pelo mesmo motivo, a não concordância com algumas atitudes da diretoria nas quais desrespeitavam os seus ex-colegas e voluntários.

Prontamente, logo após a resposta, a afirmação de que aquilo não se refletia na opinião da webrádio.

Logo após mais algumas perguntas sobre a situação desses profissionais e o porque eles realmente haviam saído, deixando sempre claro o espaço para resposta, o diretor da Continua se esquivou-se e afirmou: não era o único a falar sobre a webemissora, existe um comitê gestor que julgou não ser necessária a manifestação para o portal. Além disso reiterou que não tem tempo para se preocupar com esse tipo de notícia.

Como destacado no texto anterior, além de atitudes desrespeitosas com profissionais que ajudaram nos trabalhos da Rede Continua (inclusive com pessoas que auxiliavam no transporte ou na confecção de imagens para a web), houve um tratamento diferenciado contra profissionais que discordaram de maneira veemente das transmissões irregulares que a emissora realizava.

Entramos em contato com a Rede Continua desde a última quinta-feira, mas até a publicação dessa matéria não tivemos resposta, deixamos o espaço aberto para que a webrádio citada tenha o seu devido direito de resposta.

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *