O portal de radios online de todo o mundo

.

Esportes Brasília: desde 2009 destaque total as diversas modalidades candangas


Várias webrádios esportivas vem sendo criadas, mas poucas conseguem ficar muito tempo no ar, quanto mais 5 anos?

É o caso da Esportes Brasília, que conta com profissionais que atuam no meio radiofônico e também na internet.

Tudo começou no ano de 2009, quando o então estudante de jornalismo Rener Lopes projetou como trabalho de conclusão de curso de Comunicação Social, na Universidade Católica de Brasília, a montagem de uma emissora de rádio on-line. O projeto foi aprovado pela banca examinadora, mas não foi viabilizado para que fosse implantado na instituição.

Desta maneira, o recém-formado jornalista não desistiu do projeto e, sendo ainda repórter do portal Clube do Esporte DF, resolveu implantar a Rádio Clube do Esporte DF. A transmissão experimental da decisão do Novo Basquete Brasil, entre Universo/Brasília e Flamengo, em cadeia com a Rádio Bandeirantes AM, deu certo. Muita gente recomendou e participou da transmissão Outras transmissões foram realizadas, mas Rener decidiu seguir um caminho próprio.

Naquele mesmo ano, junto com o técnico de informática (e agora professor) Leandro Gomes e o estudante de ensino médio (agora estudante de Comunicação Social) Daniel Mangueira Borges, lançaram a Rádio Esportes Brasília. Fazendo uma vaquinha daqui, conseguindo um apoio dali, e estudando um pouco mais sobre o universo das rádios on-line, foi adquirido o primeiro equipamento.

Com o slogan “Transmitir ao vivo é tudo”, começamos a transmitir o Campeonato Brasileiro Série B, onde o Brasiliense representava o Distrito Federal naquela ocasião. A partir daí, pintaram outros convites para cobrir outros esportes, caso do futebol americano. A equipe foi sendo montada, com a inclusão dos repórteres da equipe do Clube do Esporte DF participando das transmissões.

Contudo, em 2010, a equipe que transmitia as partidas seguiu outros caminhos profissionais e outros repórteres chegaram ao time, caso de Felipe Igreja, que hoje está na Rádio CBN de Brasília e Carlos Junior Garcia. Várias partidas foram transmitidas, dando prioridade para os campeonatos locais. Até que chegou o desafio da primeira transmissão fora do Distrito Federal: a final do Novo Basquete Brasil, entre o Universo/Brasília e Flamengo, em Anápolis/GO. Os três foram até a cidade goiana e acompanharam o título da equipe candanga.

Já consolidada no Distrito Federal, a Esportes Brasília queria mais: ampliar o leque de esportes transmitidos. Com a chegada do futebol americano à Brasília, a emissora começou a transmitir os jogos do Tubarões do Cerrado válidas pelo Torneio Touchdown em 2011. Mais estudantes de jornalismo e jornalistas chegaram à equipe, fazendo com que a emissora virasse um centro de formação para novos radialistas.

Em janeiro daquele ano, a equipe foi até Uberlândia/MG, realizando a segunda transmissão fora da capital federal. A partida, mais uma vez, foi de basquete, quando o Uniceub/Brasília visitou o Unitri/Uberlândia, em partida válida pelo Novo Basquete Brasil. Daí em frente, a emissora resolveu apostar nas transmissões no eixo Brasília/Goiânia. Várias partidas do Atlético Goianiense foram transmitidas no estádio Serra Dourada, onde os profissionais sempre foram bem acolhidos.

Já em 2012 chegou a hora de profissionalizar a equipe. Com o slogan “O seu time passa por aqui” e a parceria com a Rádio Regional FM, iniciada no fim de 2011, transformou a Esportes Brasília em uma das maiores equipes de esporte da capital federal. Agora, a emissora tocava em três frentes: futebol local e nacional, basquete e futebol americano. Novos componentes foram se agregando e outros deixaram o time para seguir a carreira profissional, uma das marcas da Esportes Brasília.

Naquele ano, a Esportes Brasília foi uma das primeiras no país a adotar a tecnologia AACPlus, onde se transmite com menos velocidade de internet, mas com uma maior qualidade de som. Uma parceria com a Bindtec levou o som para os aplicativos da Apple. Assim, quem tinha celulares iPhone ou tablets iPad conseguia acompanhar as transmissões sem a necessidade de acessar o portal.

Já consolidada no mercado candango, em março, veio então a parceria com a Rádio Ativa FM de Samambaia/DF, que deu maior visibilidade à equipe. Em 02 de junho de 2012, veio o maior desafio até então: mais uma vez, a final do Novo Basquete Brasil, em Mogi das Cruzes/SP. Após enfrentar 14 horas de ônibus, a equipe desembarcou no Ginásio Professor Hugo Ramos e transmitiu a última conquista do Uniceub/Brasília, frente ao São José/SP.

Mas em setembro veio a grande novidade. Um dos maiores e modernos estúdios do país, o Timbu Estúdio, localizado em São Carlos/SP, produziu a plástica da Esportes Brasília, dando uma cara mais profissional para a emissora e para os componentes da equipe.

Em 2013, a Esportes Brasília completou quatro anos e lançou um novo site, que trazia as chamadas para as transmissões da semana e dava o placar das partidas em tempo real, fazendo com que muitos torcedores entrassem no site para ver como estava o desempenho do time de coração e um novo slogan: “Esporte de verdade”, criado pelo consultor de rádios Gabriel Passajou.

No mês de junho, sem os direitos de transmissão da Copa das Confederações – vendidos pela FIFA e licenciados pela TV Globo -, a equipe deu uma parada nas transmissões, mas não deixou de falar da competição. Assim, criou o Esportes Brasília na Copa, um programa de debates dominical, pretendido para durar – até então – para o período do torneio.

Mas a ideia deu tão certo que o EB na Copa se transformou no EB na Rede. O programa está no ar todas as segundas-feiras, às 20h, com todos os componentes da equipe.

Chegamos a 2014, com o quinto ano de trabalho da Esportes Brasília. Assim, a direção da emissora resolveu dar uma cara nova para comemorar esse feito e confiou à empresa We Do Logos o desenvolvimento da nova logomarca da rádio. Além disso, um novo portal foi desenvolvido, com notícias e muito mais interatividade. O grande toque foi dado com a nova plástica, criada pelo Estúdio RDS, em São Paulo/SP.

Na quinta temporada da Esportes Brasília, mais um esporte foi agregado de forma definitiva: o vôlei, com a chegada da equipe Brasília Vôlei à Superliga Feminina.

Com tantos esportes transmitidos pelo rádio – futebol local e nacional, basquete, vôlei, futsal e futebol americano -, uma mídia que é considerada a mais confiável pelos profissionais da publicidade.

A Esportes Brasília é uma das mais de 190 webrádios cadastradas e pode ser ouvida no link “Webrádios – Jornalísticas”.

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *