O portal de radios online de todo o mundo

.

Fora de propósito: ECAD cobra valores altíssimos para webrádios


Uma das coisas que mais incomodam as webrádios nos últimos anos é a necessidade de se cadastrar no ECAD, para não ter problemas em tocar as músicas.

Por isso, o Painel da Webrádio resolveu apurar qual o valor que as webs tem de pagar a instituição para ficar com tudo acertado. O valor porém foi muito caro, R$2.800,00.

Ao conversarmos com o ECAD, entramos em contato pelo site da instituição mandando a seguinte pergunta:

“Olá, sou Ivan Bruno, gostaria de tirar uma dúvida com vocês. Como calculam esse valor de mais de 2500 reais para as webrádios? Digo isso pois pesquiso há vários meses o faturamente do meio web e elas nem chegam a lucrar 10% do valor calculado como taxa para cobrança? Esse valor é mensal ou anual? Grato pela atenção e fico no aguardo de resposta.”

No dia seguinte, recebemos a seguinte resposta por parte do ECAD.

“Caro Ivan, boa tarde.

Agradecemos o contato.

Informamos que o valor definido na Tabela de Preços praticada pelo ECAD é estabelecido pelas Associações de música que compõem o Escritório.

Conforme a Tabela de Preços de Mídias Digitais, o valor baseado em 50 UDAs é aplicado para sites com transmissões através de Webcasting, com característica comercial e com conteúdo principal de música. Esse valor é mensal.

Qualquer dúvida estaremos à disposição.”

O valor não procede de acordo com o faturamento das webrádios, uma vez que 97% das webs brasileiras não fatura nem 50% do valor mensal cobrado as webemissoras brasileiras.

Ainda estamos em contato com a instituição para que reveja esse valor muito caro e fora de propósito para as webrádios pagarem.

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *