O portal de radios online de todo o mundo

.

O que pode e o que não pode transmitir nos outros esportes


Repetindo o sucesso da postagem sobre o que pode e o que não pode transmitir no futebol, o Painel da Webrádio e Ivan Bruno, por meio da expertise em transmissões esportivas e também por trabalhar na Rádio Bradesco Esportes FM, orienta agora o que está liberado e proibido em relação a transmissões de outros esportes.

As notícias não são muito boas, pois todas elas tem de ter direito de transmissão. A boa notícia é que, em alguns casos, os direitos podem ser obtidos gratuitamente.

Atletismo: no Brasil, grande parte deles são de direitos pertencentes a TV Globo, porém é recomendado que se entre em contato com a Confederação da modalidade competente, em algumas competições os eventos não precisam ser pagos. Eventos Internacionais como a Liga Diamante entre outros, tem de ser vistos qual a federação internacional que obtém o direito e, a partir daí, pedir os direitos de transmissão.

Basquete: Campeonatos Regionais, direitos podem ser obtidos com a confederação e, em grande parte, podem ser gratuitos, NBB e outras competições locais, grande parte tem direitos exclusivos e vinculados a TV Globo, porém recomenda-se que entre em contato com a Confederação competente pelo evento, mas a possibilidade de ser comprado esse direito é muito grande, no caso da NBB quando não tem transmissões da Sportv podem ser transmitidos, mas exigem liberação e direitos, que podem ser gratuitos. NBA e outros eventos internacionais, geralmente são de propriedade de canais aqui no Brasil, (casos da ESPN e Space com a NBA e a Band Sports com as ligas européias de basquete) podem ser obtidos os direitos falando com a detentora aqui no Brasil ou com a entidade que rege a competição, em muitos casos (quase todos) os direitos também tem de ser comprados.

Fórmula 1: direitos ligados a TV Globo, mas não são exclusivos, tem de ser pedido o direito com a F1, empresa responsável pela transmissão do evento, são cobrados valores que, em sua maioria, são bastante altos.

Formula Indy: direitos ligados a BAND, tem de ser verificados o pedido de transmissão com o canal e, geralmente, os direitos para transmissão são pagos.

Futsal: Liga Futsal, Liga Paulista e outros eventos nacionais precisam de direitos de transmissão, porém eles podem ser pedidos as Confederações competentes e, em muitos casos, não são pedidos para serem comprados. Eventos internacionais ou com a chancela FIFA tem de ser pedidos a entidade internacional competente mas, em muitos casos, os direitos tem de ser pagos para que isso aconteça.

Natação: Campeonatos Regionais, direitos podem ser obtidos com a confederação e, em grande parte, podem ser gratuitos, eventos nacionais ou ligados ao país pertencem, em sua maioria, a TV Globo, mas os direitos podem ser vistos com a Confederação e, em alguns casos são comprados ou gratuitos. Eventos internacionais de equipes tem de ser vistos com a entidade internacional competente, em alguns casos os direitos podem ser obtidos de maneira gratuita.

Olímpiadas e Pan-Americano: direitos ligados exclusivamente a TV Globo, direitos tem de ser negociados com o canal e são pagos, geralmente o valor é altíssimo.

UFC: direitos exclusivos ligados a TV Globo, transmissões não são permitidas e, para envio de repórteres para acompanhar os eventos, tem de ser feito contato e pedido a detentora exclusiva dos direitos aqui no Brasil, ou seja, a TV Globo.

Vôlei: Campeonatos Regionais, direitos podem ser obtidos com a confederação e, em grande parte, podem ser gratuitos, SuperLiga Feminina e Masculina e outros eventos nacionais ou ligados a seleção pertencem, em sua maioria, a TV Globo, mas os direitos podem ser vistos com a CBV e, em alguns casos são comprados ou gratuitos, varia de evento para evento. Eventos internacionais de equipes tem de ser vistos com a entidade internacional competente, em alguns casos os direitos podem ser obtidos de maneira gratuita.

Esse texto serve como uma ajuda as webrádios já existentes e as que ainda irão ser formadas, para que não possam sofrer futuras sanções ou até processos das entidades que administram os eventos e dos meios de comunicação que detém a licença para veiculação.

Lembrando novamente que esse texto visa orientar as webrádios que queiram sobre os direitos e a legalidade para a transmissão correta e sem futuras dores de cabeça.

As webrádios que transmitirem esses eventos de maneira ilegal, poderão sofrer processos grandiosos e, em alguns casos terem de deixar de existir e ser pago multas com valores altíssimos.

Caso tenha faltado algum esporte que sua webrádio quer ou pretende transmitir, entre em contato sugerindo a modalidade que não está nesse texto pelo redacao@paineldawebradio.com.br ou vitoria@paineldawebradio.com.br

Reviews

  • Total Score 0%
User rating: 0.00% ( 0
votes )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *